O SQLite em python é um banco de dados leve e embutido que é amplamente utilizado em aplicativos de pequeno e médio porte devido à sua facilidade de uso e configuração mínima. Nesta seção, vou fornecer uma introdução ao uso do SQLite em Python, juntamente com exemplos de como criar, consultar e manipular dados em um banco de dados SQLite.

Para começar, certifique-se de ter a biblioteca sqlite3 instalada. Você pode instalá-la usando o gerenciador de pacotes pip:

pip install sqlite3

Como usar o SQLite em python

SQLite em Python exemplos

Aqui está um exemplo básico de como criar um banco de dados SQLite, criar uma tabela e inserir dados:

import sqlite3

# Conectar ao banco de dados (será criado se não existir)
conn = sqlite3.connect('exemplo.db')

# Criar um cursor para executar comandos SQL
cursor = conn.cursor()

# Criar uma tabela
cursor.execute('''CREATE TABLE IF NOT EXISTS usuarios
                  (id INTEGER PRIMARY KEY AUTOINCREMENT,
                   nome TEXT,
                   idade INTEGER)''')

# Inserir dados na tabela
cursor.execute("INSERT INTO usuarios (nome, idade) VALUES (?, ?)", ('João', 25))
cursor.execute("INSERT INTO usuarios (nome, idade) VALUES (?, ?)", ('Maria', 30))

# Salvar as alterações
conn.commit()

# Fechar a conexão
conn.close()

Neste exemplo, primeiro conectamos ao banco de dados usando a função connect do módulo sqlite3. Se o banco de dados especificado não existir, ele será criado automaticamente. Em seguida, criamos um cursor usando o método cursor() para executar comandos SQL.

Utilizando o cursor, executamos uma instrução SQL para criar uma tabela chamada “usuarios” com as colunas “id”, “nome” e “idade”. Em seguida, inserimos dois registros na tabela usando o método execute junto com um comando SQL de inserção.

Para salvar as alterações no banco de dados, chamamos o método commit(). Por fim, fechamos a conexão com o banco de dados chamando o método close().

Agora que criamos a tabela e inserimos dados, podemos consultar os dados usando o SQLite em Python. Aqui está um exemplo:

import sqlite3

# Conectar ao banco de dados
conn = sqlite3.connect('exemplo.db')
cursor = conn.cursor()

# Consultar todos os registros da tabela
cursor.execute("SELECT * FROM usuarios")
resultados = cursor.fetchall()

# Exibir os resultados
for row in resultados:
    print(row)

# Fechar a conexão
conn.close()

Nesse exemplo, conectamos novamente ao banco de dados SQLite usando connect() e criamos um cursor. Em seguida, executamos uma consulta SQL para selecionar todos os registros da tabela “usuarios” usando o método execute. Chamamos o método fetchall() para obter todos os resultados da consulta em forma de lista.

Por fim, percorremos a lista de resultados e imprimimos cada linha.

Esses são apenas exemplos básicos de como criar, inserir e consultar dados em um banco de dados SQLite usando Python. O SQLite suporta uma variedade de comandos SQL e recursos avançados, como filtros, junções, ordenação e muito mais. Para aprender mais sobre o SQLite em Python, você pode consultar a documentação oficial do módulo sqlite3 em https://docs.python.org/3/library/sqlite3.html.

DEIXE SUA AVALIAÇÃO

Quer Receba informativos semanais de novos posts aqui do blog ?

Quer Receba informativos semanais de novos posts aqui do blog ?

Receba o conteúdo completo em seu Email

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solicitar exportação de dados

Utilize este formulário para solicitar a exportação de seus dados.

Solicitar remoção de dados

Utilize este formulário para solicitar a remoção de seus dados.